Esperando por você

Postado por Dayanne às 15:45


Era uma tarde de domingo quando resolvi te ligar. Queria saber o que estava acontecendo, o porque você estava tão estranho ultimamente e se eu poderia te ajudar em alguma coisa. Com um aperto no peito, foi quando te liguei. "Oi!" Você disse um oi mais seco do que o tempo naquele dia . Perguntei se estava tudo bem, o que havia acontecido para você estar daquela maneira. Mas você não disse nada com nada, começou a xingar e se expressar aos gritos dizendo que eu não sabia nada da sua vida.

Quando você se calou, perguntei se eu poderia ajudar em algo. O silêncio pairou por alguns segundos, quando você falou "Não! Não tem nada que você possa fazer por mim nesse momento." Com os olhos cheios de lágrimas, respirei fundo."Ei , apesar de tudo me desculpe se te fiz alguma coisa sem perceber, e só não esquece que te amo muito viu e se precisar pode me ligar, não importa a hora" Falei. "Valeu, pode deixar". Essas foram suas últimas palavras e antes que eu pudesse dizer mais alguma coisa, você desligou . Senti naquele momento meu mundo desabando, o céu escurecendo, quando me bateu aquele sufoco e aquela vontade louca de chorar. Eu sei que as coisas não deveriam estar fáceis para você, mas eu também não estava numa boa fase e não custava nada perguntar ao menos se eu estava bem.

Esperei durante toda a madrugada, o relógio virou meu maior inimigo. As horas passavam e nem sinal de uma ligação sua - muito menos uma mensagem. Eu não precisava de muitas palavras, só queria um sinal. Um sinal de que todas as pessoas estavam erradas ao falar que você não se importava comigo e que mesmo as coisas não estando boas pra você, o que realmente prevalecia entre nós, era o bem estar um do outro - Prevalecia o amor.

 Mas continuei esperando, olhando no relógio as horas passarem. E continuo esperando até hoje você voltar, sem saber ao certo o que aconteceu. Mas quero que saiba, que mais uma vez te dei uma chance. Mesmo sabendo que você não merecia nem a primeira...









5 comentários

5 comentários:

Karol Oliveira disse...

Adorei o texto, adorei a música e adorei também a fotinho da Emily pra ilustrar <3 E confesso que me identifiquei mais do que gostaria com a história! :(

Beijos,
infinitanowhere.com

Nane Balda disse...

Olá!

Vim conhecer o seu espaço e adorei. Já estou seguindo e curtindo a fan page. Retribui?

Beijos da Nane Balda
http://meus-sonhos-meus-pesadelos.blogspot.com.br/

Raí disse...

Acabei de conhecer seu blog e adoreeei! <3

Raí ~ http://raiwrites.com/

Forever Dieguita disse...

MEU DEUS, que saudades que eu estava do teu blog. Continua maravilhoso!

Dayanne disse...

Karol: Muito obrigado pelo seu comentário Karol, fico feliz que gostou :t
Nane: Olá, obrigado pela visita.. retribuo sim beijos
Raí: Fico feliz que gostou, e mais ainda pela sua visita. Volte sempre beijos :t :t
Debora: Oii Debora, muito obrigado linda fiquei muito feliz quando li seu comentário rs. Beijos e volte sempre :t

Postar um comentário

:a   :b   :c   :d   :e   :f   :g   :h   :i   :j   :k   :l   :m   :n   :o   :p   :q   :r   :s   :t

Olá, se você chegou até aqui não deixe de expressar sua opinião sobre o post :) Caso tenha um blog, não esqueça de deixar o link tá? Muito obrigado pela visita e volte sempre :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Sentimento Singelo Copyright © 2012 - Design by Dayanne Cassimiro - Ilustração: Malipi