My history: Eu e o Bullying

Postado por Dayanne às 19:57


Bullying: Se refere a todas as formas de atitudes agressivas, verbais ou físicas, intencionais e repetitivas, que ocorrem sem motivação evidente e são exercidas por um ou mais indivíduos, causando dor e angústia, com o objetivo de intimidar ou agredir outra pessoa sem ter a possibilidade ou capacidade de se defender.




Minha história

Tudo começou quando eu tinha mais ou menos 12 anos. A moda das meninas da escola era ter cabelões, ser magras e pele bonita. Pro meu azar, esses não eram meus pontos fortes. Meu cabelo sempre era curto. Minha pele estava sendo domada por espinhas, e pra variar eu era bem gordinha.
Mas por incrível que pareça, só fui perceber tudo isso quando os outros apontavam esses "defeitos" em mim. "Sua gorda", "O que você tem na cara menina?"... Diziam.

Lembro que uma vez arrumei meu cabelo de um jeito diferente, e um garoto comentou "Até que você ficou mais bonita. Agora só falta cuidar das suas espinhas" e todos começaram a rir, e comentar.
Depois desse dia, comecei a me olhar mais na frente do espelho. Tentava a todo custo esconder aquelas coisas que me tiravam do padrão das outras garotas. Fazia regimes, passava bastante maquiagem e vivia me excluindo do grupo de alunos... afinal, eu era a diferente. A gorda da sala cheia de espinhas.

Minha primeira consulta ao dermatologista foi a pior decepção. Passei vários medicamentos no rosto, e nada da situação melhorar. Minha pele cada dia piorava mais e mais, e depois de bastante dinheiro e tempo gastos, troquei de dermatologista. Os medicamentos fizeram um pouco de efeito, mas nada combateu aquele mal que me atormentava.

Enquanto isso, as piadas na escola continuavam. Meninos zombavam de mim e me olhavam diferente. Me senti com uma grande tristeza e insegurança. Fui tornando uma pessoa tímida, e tentava me isolar ao máximo. Pra quem tem espinhas sabe, que não há maquiagem que tampe 100%. Quanto mais mexe pior fica...

Anos se passaram e fiz durante 8 meses um tratamento que deu super certo pra minha pele [roacutan]. Comecei também  a fazer academia, e consegui perder alguns kilos.

Mas minha vitória contra o bullying só acabou mesmo quando eu  finalmente fui perceber que não devemos seguir os padrões. Ser diferente pode ser considerado hoje como raridade. Ser gordo ou magro não te faz defeituoso dos demais. Seu cabelo, sua pele, sua cor te faz diferente sim... mas não pior nem melhor que ninguém. Devemos mudar nossa aparência quando isso nos incomoda, não quando incomoda os outros.

 Todo esse pesadelo só foi acabar quando finalmente olhei no espelho e vi que consegui tirar o que me incomodava. E felizmente, isso que fiz não foi para agradar ninguém. E sim, para me sentir mais feliz e segura comigo mesma.







Se você já sofreu algum tipo de bullying compartilha com a gente. Não se esqueça de colocar idade, seu nome, e a cidade onde você mora ok?

Enviei para o e-mail dayanne-cassimiro@hotmal.com ou clique AQUI para enviar. Boa sorte!





"Palavras ferem. Palavras curam. Aprenda usá-las corretamente..."










1 comentários

1 comentários:

Mábele Ferreira disse...

Infelizmente, o bullying ainda é um problema sério... :b
Eu também já passei por isso...sempre fui a mais baixinha da classe, e isso me rendia muita "dor de cabeça".

Parabéns pela atitude em conscientizar as pessoas sobre o assunto! Pequenos gestos, grandes efeitos!

beijinhos
http://mabeleferreira.blogspot.com/

Postar um comentário

:a   :b   :c   :d   :e   :f   :g   :h   :i   :j   :k   :l   :m   :n   :o   :p   :q   :r   :s   :t

Olá, se você chegou até aqui não deixe de expressar sua opinião sobre o post :) Caso tenha um blog, não esqueça de deixar o link tá? Muito obrigado pela visita e volte sempre :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Sentimento Singelo Copyright © 2012 - Design by Dayanne Cassimiro - Ilustração: Malipi