Aniversário da sua ausência

Postado por Dayanne às 20:07

O tempo passou, e eu ainda não consigo te esquecer. Tento melhorar as coisas e puxo um livro do lado da cabeceira da cama. Folheio as páginas com tédio, e lá vou eu me identificando mais uma vez com a protagonista meio boba, meio sofrida, meio com saudade. E é assim que vou levando os dias sabe? Tudo pela metade. Ao mesmo tempo que eu te amo, eu odeio a cada segundo que te falei uma só palavra. Ao mesmo tempo que eu me pego lembrando daquele seu olhar e daquela sua voz calminha, eu me vejo brigando comigo mesma por gostar tanto de você. E por desgostar tanto a cada segundo.

 Me lembro daquela época em que você dizia que eu não engordei, quando minha calça 38 já nem fazia  parte do meu armário. Daquela vez em que você me pediu para cantar junto com você, e que eu cheguei pensando o quanto você ia rir da minha cara por desafinar tanto. Aquela época em que você com toda sua não paciência, e ao mesmo tempo, a maior paciência do mundo tentou me ensinar tocar violão. E eu sequer consegui tocar uma nota musical.

Lembro todo fim de tarde, todo começo de uma manhã bonita, no inicio de uma musica do Legião, que você ainda faz parte de mim. Ando pelas ruas, e espero cruzar com você. Para abrir aquele sorriso. E te falar o quanto senti sua falta, mesmo não devendo sentir. Mesmo não devendo pensar e escrever. Mesmo não devendo escutar aquela outra música do Legião, que também me lembra você. E te dar um abraço daqueles, arrancando a sua armadura que te deixa mais sério e mais irritado com a vida. De te fazer desistir daquele futebol com os amigos, só para me aturar com as novas histórias que escrevi. Quero te encontrar, e me desmanchar em lágrimas chamando você de idiota. E depois cair na gargalhada perguntando o porque que demoramos tanto para nos encontrar. 

Quero que você me chame de louca, quando eu falar que chorei assistindo um filme bobo de cachorro, e que lembrei de você. Não por você ser um cachorro, mas por sua ausência ter me deixado sensível demais. Quero te encontrar e fazer você perceber o que perdeu em todos os anos. E também neste mesmo momento você vai me chamar de louca. E também falar que assistiu o mesmo filme do cachorro, e que também chorou. 

 Hoje, completa um ano  que não te vejo. E sabe, ás vezes eu ainda sinto aquela vontade de te mostrar o quanto cresci e amadureci. O quanto eu segui outros conselhos, e conheci outros olhares.
 E o quanto eu não preciso mais de você para ser feliz. Mas que ao mesmo tempo... sonho quase todos os dias, querendo apenas um sorriso seu.





2 comentários

2 comentários:

Elaini Cruz disse...

Oii amei tudo aqui! =)
vem conhecer meu blog, tudo sobre maquiagem com dicas, truques e tutoriais
se seguir, sigo de volta ;)
www.teublogdemaquiagem.blogspot.com.br
beijos

Dayanne disse...

Obrigada Elaini :i

Postar um comentário

:a   :b   :c   :d   :e   :f   :g   :h   :i   :j   :k   :l   :m   :n   :o   :p   :q   :r   :s   :t

Olá, se você chegou até aqui não deixe de expressar sua opinião sobre o post :) Caso tenha um blog, não esqueça de deixar o link tá? Muito obrigado pela visita e volte sempre :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Sentimento Singelo Copyright © 2012 - Design by Dayanne Cassimiro - Ilustração: Malipi