O fim do mundo - 21/12/2012

Postado por Dayanne às 13:23

Era tarde, quase noite. Havia brigado com a minha mãe e com meu pai, mais uma vez. Saí para a rua pisando fundo, e me sentindo a pior filha do mundo. 
No caminho, com lágrimas nos olhos, me surpreendi com uma situação chocante. Uma filha batendo em sua mãe, e os pais aos berros com as duas. A tal menina devia ter uns 20 anos, estava com a roupa toda rasgada e com o rosto inchado de tanto chorar. A briga parou quando o pai gritou em alto e bom som "Eu não te quero aqui, vagabunda. Vai criar seu filho lá com aquele canalha, esquece que eu sou seu pai." Depois disso, ela saiu de casa aos prantos, para um caminho até então desconhecido.
Após alguns minutos, percebi que andava a caminho de uma praça cheio de garotos. Tinham um estoque de cigarros, bebidas e outras drogas. Pude até afirmar que um deles estavam com armas nas mãos.

- Feliz natal que nada, aquela droga de família que me paga. Julio, me passa a Vodka.
- Toma essa, que a dor passa.

E tomaram as bebidas, fumaram os cigarros. Gritaram que o amor de nada valia, e que família era coisa de gente mimada. Enquanto isso, eu caminhava lentamente acompanhando a situação. Sabia que quando chegasse em casa, ia levar uma bronca danada da minha mãe, e uma surra do meu pai. Mas eu ainda queria ver onde aquilo tudo ia parar.

- Eu não acredito no amor, eu quero abortar esse filho e depois me matar. - Dizia.
- Se quiser eu te arrumo uns remédios.
- Valeu cara, valeu...

Eu estava achando um absurdo tudo aquilo, e senti uma enorme vontade de chorar. Sempre reclamei que meu pai era ausente, e que minha mãe era passiva demais com tudo. Só que no fundo, pude ver que eu era uma tremenda egoísta. Sempre preferi passar horas nas baladas, ao invés do jantar em família. Nos natais, me trancava dentro do quarto e ficava com o meu fone de ouvido, me sentindo isolada, sendo que eu mesma estava me isolando.

Semana passada, ouvi dizer que o mundo ia acabar no dia 21/12/12. Vi gente se desesperar e já outros nem ligarem. Grande besteira! O fim do mundo, é todo dia gente, será que não percebem? Não vai ser preciso que fogos caem do céu, terremotos, furacões... nada, nada disso.

E pode apostar, demorei muito tempo pra perceber que o mundo acaba, quando pessoas preferem se transbordar com drogas e bebidas, ao invés de curtir a vida com mais responsabilidade. O mundo acaba quando respondemos uns aos outros, quando praticamos uma traição. O mundo não acaba hoje, ele vem acabando à muito tempo. Mas ainda temos chances, porém, será necessário mais que um simples texto, ou um acontecimento terrível. Vai depender de mim, de você e de todos nós. E a propósito, quando cheguei em casa, meus pais estavam lá, com lágrimas nos olhos, pedindo para que eu nunca mais fizesse isso. Contei pra eles o que tinha visto, e eles me deram um beijo na testa falando em seguida "Nós te amamos, mais que tudo minha filha."

Aquilo tinha feito mais sentido do que todos os outros "te amo" que recebi. No fim, passei a dar mais valor para isso, quer dizer, pra esse tal de amor.

Um conselho: Pense bem antes de dizer que o fim do mundo nunca vai acontecer. Porque ele pode estar mais perto do que você imagina. E quem sabe, ao seu lado?

 Pense nisso...






2 comentários

2 comentários:

Jhosy . disse...

Olá Dayanne,
que felicidade por ter chegado até aqui!
Eu realmente gostei muito do teu espaço,
li alguns dos últimos posts e me identifiquei com suas palavras e também com o modo como se expressa.
Parabéns pela criatividade, pelo espaço lindo que passo a seguir com carinho.

Quanto ao texto do post. Achei forte, porém acima de tudo bem realístico. É isso mesmo, o tão temido 'fim do mundo' é decretado para alguns a cada escolha errada que se toma.
Acho que está mais do que na hora de as pessoas começarem a valorizar aquilo que realmente tem valor - começando por mim mesma.

Beijos pra ti,
lindo fim de semana já com votos de um Feliz Natal!
Jhosy

http://meninamsicaeflor.blogspot.com.br/

Dayanne disse...

Muito obrigado Jhosy, fiquei muito feliz com o seu comentário. Já sou seguidora do seu :t

O texto, eu quis passar uma ideia bem realista mesmo, muitas pessoas hoje em dia precisam "acordar para a vida" né?

Muito obrigado mais uma vez, Beijos e feliz natal!
Fica com Deus... :g :g

Postar um comentário

:a   :b   :c   :d   :e   :f   :g   :h   :i   :j   :k   :l   :m   :n   :o   :p   :q   :r   :s   :t

Olá, se você chegou até aqui não deixe de expressar sua opinião sobre o post :) Caso tenha um blog, não esqueça de deixar o link tá? Muito obrigado pela visita e volte sempre :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Sentimento Singelo Copyright © 2012 - Design by Dayanne Cassimiro - Ilustração: Malipi